terça-feira, 3 de setembro de 2013

Da lua de mel ao divórcio

Oi meninas estive pensando em quanto o assunto casamento tem estado presente na minha vida e resolvi compartilhar com vocês minha experiência

Eu já disse aqui que sou agente de viagens, essa é minha ocupação digamos assim nº 1, eu acabo tendo contato com muitos noivos que estão decidindo sua lua de mel, amo atender casais vivendo este momento, é tudo tão lindo não importa se o destino seja um fim de semana num hotel  pertinho de casa ou uma super viagem as Ilhas Maldivas.

Além disso eu e meu marido somos professores do Curso de Noivos na  nossa igreja, é uma verdadeira delicia passar alguns ensinamentos a casais que se dispõe a investir para que seu casamento de certo.

Em ambas as  situações lido com a esperança, com a vontade, com sonho e a certeza que a vida a dois será bela. Posso afirmar que a grande maioria dos casais escolhe o casamento sabendo que não será um mar de rosas mas ainda assim decidem fazer encarar o desafio em busca da felicidade a dois..

Mas algo acontece nesse meio tempo entre a lua de mel e a minha  próxima ocupação, a menos prazerosa

Eu sou  formada em Direito, mas não me dedico muito ao assunto, antes que digam que isso porque não passei na OAB, passei no meu primeiro exame (cof, cof) risos.

Na verdade eu nunca gostei de advogar por ter que lidar com as tragédias da vida, ninguém procura um advogado quando as coisas estão nas mil maravilhas (embora devessem), mas eu gosto muito de Direito de Família, logo que comecei a advogar brincava que estava mais pra assistente social, psicologa ou qualquer outra coisa que advogada, porque todos os casais que eu atendia acabam reatando, quantas vezes cheguei as audiências esperando pelo "quebra" e recebia uma ligação - Dra nos voltamos, vamos deixar isso pra lá, confesso que muitas vezes fiquei super brava, sentia que todo meu tempo tinha sido em vão, mas depois acabava ficando feliz com o meu não processo, e muitas vezes meus nada de honorários rs.

Dai que acho que influencia meu marido (vamos ver se ele vai me dar os créditos algum dia), ele nem era assim ligado a Direito de Família, mas foram aparecendo tantos casos, tantas histórias, tantos filhos sofrendo com a separação, tantas famílias, que sem ser intencional o escritório dele ficou  muito focado em Família e Sucessões, ai esses dias ele me disse - Cá eu to pensando em fechar o leque e ficar só com Família e Sucessões, o que você acha?

Eu achei ótimo, porque  do jeito que ele lida com os casos, vai estar fazendo sua parte por uma Justiça mais digna as Famílias, uma separação não pode ser tratada como uma quebra de contrato, isso é para os bancos,  para os casamentos tem que existir uma maneira mais digna, mais humana de se resolver os conflitos, ficarei muito feliz quando a consulta resultar em um não processo, quando o litigioso se tornar consensual, quando não houver brigas por guardas, quando os filhos não tiverem preço.

Claro que achei ótimo porque vou poder ajudar, já que essa é área que mais gosto, claro que não vai ser minha ocupação principal, ser agente de viagens é a minha paixão, mas o escritório contará com minha participação especial, a modesta rsrsrsrs

Se eu tivesse pique faria psicologia para entender com mais profundidade o que se passa entre fechar a lua de mel e procurar um advogado para cuidar do divorcio, mas como eu não tenho esse pique rs, vou pesquisar, encher as amigas psicologas, falar da nossa experiência  profissional,  e tentar entender jundo vocês o que tanto acontece com os casais na nossa atualidade.

E claro que sabendo as causas, vamos fazer de tudo para ficar longe delas e assim construirmos uma vida feliz e duradora com quem  e para quem um dia  a resposta foi SIM 

Espero que gostem


Bjus

5 comentários:

  1. Cá, bem bacana seu post. Também acho que você deveria fazer Psicologia, você entende do assunto, tem insights legais sobre vários temas. Poderia esperar o Rafa crescer mais um pouquinho e entrar no curso. Você vai gostar rs. Depois você parte para estudos sobre casal e família e assim montamos uma clínica juntas hahaha. Bjos. Pam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha não quero mais estudar não, vou usar dos seus conhecimentos mesmo rs
      Bjus

      Excluir
  2. Ai que susto Carina!!! Vc colocou esse título só para fazer uma pegadinha, né!!!rsrsrsrs
    Achei que vcs estavam se separando...ainda bem que não. Engraçado vc e seu marido lidarem com o extremo oposto...
    bjão saudades

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa agora que vc escreveu que me toquei, mas não era pegadinha não rsrssr
      Só prova que a gente fala, escreve coisas com uma intenção e ficam exatamente parecendo outra.
      Obrigada por me fazer perceber rsrs
      Bjus
      Saudedes

      Excluir
  3. Quero te convidar pra visitar meus novo/velho blog. Decidi voltar pro meu antigo cantinho www.mamaenadia.com, e tem um post lá no blog explicando porque.
    Espero que você continue me acompanhando mesmo com a mudança!
    Beijos!

    www.asosmamaenadia.com
    www.mamaenadia.com

    ResponderExcluir

Conversa comigo!