terça-feira, 3 de setembro de 2013

Da lua de mel ao divórcio

Oi meninas estive pensando em quanto o assunto casamento tem estado presente na minha vida e resolvi compartilhar com vocês minha experiência

Eu já disse aqui que sou agente de viagens, essa é minha ocupação digamos assim nº 1, eu acabo tendo contato com muitos noivos que estão decidindo sua lua de mel, amo atender casais vivendo este momento, é tudo tão lindo não importa se o destino seja um fim de semana num hotel  pertinho de casa ou uma super viagem as Ilhas Maldivas.

Além disso eu e meu marido somos professores do Curso de Noivos na  nossa igreja, é uma verdadeira delicia passar alguns ensinamentos a casais que se dispõe a investir para que seu casamento de certo.

Em ambas as  situações lido com a esperança, com a vontade, com sonho e a certeza que a vida a dois será bela. Posso afirmar que a grande maioria dos casais escolhe o casamento sabendo que não será um mar de rosas mas ainda assim decidem fazer encarar o desafio em busca da felicidade a dois..

Mas algo acontece nesse meio tempo entre a lua de mel e a minha  próxima ocupação, a menos prazerosa

Eu sou  formada em Direito, mas não me dedico muito ao assunto, antes que digam que isso porque não passei na OAB, passei no meu primeiro exame (cof, cof) risos.

Na verdade eu nunca gostei de advogar por ter que lidar com as tragédias da vida, ninguém procura um advogado quando as coisas estão nas mil maravilhas (embora devessem), mas eu gosto muito de Direito de Família, logo que comecei a advogar brincava que estava mais pra assistente social, psicologa ou qualquer outra coisa que advogada, porque todos os casais que eu atendia acabam reatando, quantas vezes cheguei as audiências esperando pelo "quebra" e recebia uma ligação - Dra nos voltamos, vamos deixar isso pra lá, confesso que muitas vezes fiquei super brava, sentia que todo meu tempo tinha sido em vão, mas depois acabava ficando feliz com o meu não processo, e muitas vezes meus nada de honorários rs.

Dai que acho que influencia meu marido (vamos ver se ele vai me dar os créditos algum dia), ele nem era assim ligado a Direito de Família, mas foram aparecendo tantos casos, tantas histórias, tantos filhos sofrendo com a separação, tantas famílias, que sem ser intencional o escritório dele ficou  muito focado em Família e Sucessões, ai esses dias ele me disse - Cá eu to pensando em fechar o leque e ficar só com Família e Sucessões, o que você acha?

Eu achei ótimo, porque  do jeito que ele lida com os casos, vai estar fazendo sua parte por uma Justiça mais digna as Famílias, uma separação não pode ser tratada como uma quebra de contrato, isso é para os bancos,  para os casamentos tem que existir uma maneira mais digna, mais humana de se resolver os conflitos, ficarei muito feliz quando a consulta resultar em um não processo, quando o litigioso se tornar consensual, quando não houver brigas por guardas, quando os filhos não tiverem preço.

Claro que achei ótimo porque vou poder ajudar, já que essa é área que mais gosto, claro que não vai ser minha ocupação principal, ser agente de viagens é a minha paixão, mas o escritório contará com minha participação especial, a modesta rsrsrsrs

Se eu tivesse pique faria psicologia para entender com mais profundidade o que se passa entre fechar a lua de mel e procurar um advogado para cuidar do divorcio, mas como eu não tenho esse pique rs, vou pesquisar, encher as amigas psicologas, falar da nossa experiência  profissional,  e tentar entender jundo vocês o que tanto acontece com os casais na nossa atualidade.

E claro que sabendo as causas, vamos fazer de tudo para ficar longe delas e assim construirmos uma vida feliz e duradora com quem  e para quem um dia  a resposta foi SIM 

Espero que gostem


Bjus

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Preparando seu bebê para sua primeira festinha

A festa de 1 ano faz parte dos sonhos das  maioria das mamães, aquele momento tão lindo, tão sonhado de se comemorar o primeiro ano do filhote, escolher o tipo de festa, a decoração, as lembrancinhas, as comidinhas, o look do aniversariante e da família dentre tantas outras coisas para que a festa se realize da melhor maneira possível.
Existem 1 zilhão de idéias para todos os itens, mas de um assunto que pouco se fala, mas que deve ser o mais importante da festa é como preparar o aniversariante para a sua primeira festa.

Quantas vezes já ouvi que não vale a pena comemorar o primeiro aninho, que a festa é para os adultos e um transtorno para o aniversariante, que a criança não aproveita que pelo contrário acaba sofrendo, que só a há duas opções a criança dorme ou chora. 


Que mamãe ficaria feliz se o aniversariantes estiver aos berros?! Que mãe não se decepcionaria em planejar a festa por meses e seu filhote não curtir.


Eu acho que tudo isso pode ser evitado.

Na  primeira festinha do meu filhote fiquei tensa, tive medo que ele se cansasse e chorasse, mas com planejamento consegui que ele aproveitasse o seu dia. Sim ele aproveitou, claro que não entendia o que era uma festa de aniversário mas tenho certeza que ele sabia/sentia que se tratava de um dia especial.

Vou deixar aqui algumas dicas para que o primeiro grande dia do baby seja o mais tranquilo possível


Horário da festa:


espere que seu bebê tenha pelo menos 8 meses para definir o horário da festa, nessa época eles ainda mudam muito de horário, mas não adianta marcar uma festa a noite se o seu filho dorme as 19h.


10 a 15 dias antes da festa, comece a condicionar/treinar para que ele esteja acordado e disposto no horário da comemoração.


faça tudo que tiver que fazer nos dias anteriores para que no grande dia  possa estar disponível para "fazer"  a criança dormir no horário que deve, não leve tensões para a casa seu bebê irá perceber o clima e pode entrar nele.


se tiver  mesmo que sair nesse o dia, providencie alguém para ficar com seu filhote a regra de ouro é preservar a rotina nas horas que antecedem a comemoração.


o ideal é que seu filho acorde da soneca e vá pra a festa, assim a pilha dura mais.



Decoração

nessa fase não dá pra ter certeza do tema que o aniversariante gostaria escolher, mas maneira alguma coloque  algo que possa assusta-lo, muitos bebês tem medo de palhaços e fantasias, antes de decidir colocar um palhaço para animar a festa, apresente o aniversariante a um e tenha certeza que ele não tem medo.


Alimentação


Deixe claro o que seu filho pode ou não pode comer e beber na festa, já vi festas maravilhosas na blogsfera onde haviam papinhas, frutinhas, suquinhos e tudo mais que qualquer bebê pode comer, mas nunca estive numa festa que havia essas opções, na grande maioria das festas vai ter salgadinho frito, refrigerante e mais um monte de porcaria, não aconselháveis ao aniversariante, se você não quer que seu bebê coloque essas coisas na boca, deixe bem claro.


Se você proibir que seu filho se alimente dessas gostosuras/porcarias, muito provavelmente ouvirá "tadinho(a)" não pode comer nada, está com vontade etc, para evitar chateações leve a marmita do seu filho, garrafinha com suco natural, bolachinhas até mesmo a papinha, assim ele vai estar comendo o que você permitir.


Roupas


Claro que o aniversariante vai estar vestido de príncipe/princesa, mas certifique se que a roupa está confortável  além disso leve pelo menos mais 2 troquinhas, afinal acidentes que sujam podem acontecer a qualquer momento.


Colo em colo


Nem todas as crianças estão andando no seu primeiro aniversário, ai as que não estão acabam ficando no colo e no dia do aniversário, todo mundo quer pegar, se você não gosta ou acha que seu filho vai se irritar com essa pegação melhor planejar uma estratégia pra evita-la, o melhor é deixar alguém responsável pelo cuidado do aniversariante porque os pais no papel de anfitriões acabam fiando de um lado para o outro sem poder ficar de olho na cria.


Minhas dicas são essas, se alguém tiver algo a acrescentar deixe nos comentários, toda sugestão é bem vinda!

Claro que não existe uma formula matemática, existem bebês que são super tranquilos e independente de qualquer programação não irão dar bafão, parabéns se você é mamãe de uma criança assim.
Mas se esse não for seu caso e  faça tudo que estiver ao seu alcance e mesmo assim seu filho chorar e não curtir não encane afinal é só o primeiro aniversário dos muitos que virão, e a cada ano a comemoração será melhor, será que porque a cada dia o amor aumenta?!

Para recordar a carinha mais linda do mundo no seu primeiro aniversário!


Delicia da mamãe!

Eu amei minha primeira festinha!



Bjus

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Hambúrguer de cenoura

Meninas a minha choradeira pela alimentação do meu filho só aumenta, cada vez que ele deixa de gostar de algo saudável e se apaixona por uma nova porcaria eu tenho um xilique.

Mas como boa mãe e brasileira não desisto nunca!!!!

Vou contar a vocês o meu mais novo trunfo, os empanadinhos/hamburguês de  couve flor, cenoura e brócolis,  eu falo pra ele que é o empanadinho do Mc Donalds branco, laranja ou verde,  (as psicologas e nutricionistas caçam minha licença de mãe) mas adivinhem?!!! Ele come um monte feliz da vida.

 Claro que pretendo um dia contar os verdadeiros ingredientes pra ele, antes dele ir pra faculdade, mas até lá prefiro não arriscar #dramademae

Para quem tiver no mesmo drama, ou querendo uma alimentação mais saudável já que segunda é o dia, segue a receita da Carina, (mesclei várias pra chegar nela)

Hambúrguer de Cenoura

Ingredientes:

3 cenouras grandes raladas
½ cebola média ralada
1 ovo
8 colheres de sopa de aveia em flocos
3 colheres de sopa de salsinha picada
1 colher de sobremesa de azeite de oliva
1 colher de maionese de leite ou requeijão
1 colher de chá rasa de sal
Farinha de rosca pra empanar

Preparo: Em uma tigela, misture todos os ingredientes, então modele os hambúrgueres, passe na farinha de rosca. Leve o forno preaquecido até dourar dos dois lados.

O bacana dessa receita é que da pra congelar, depois é só colocar no forno, fica bem pratico de fazer.

Espero que gostem!

Bjus

domingo, 4 de agosto de 2013

As diversões e as lições das férias escolares em casa

Oi meninas!

Dei uma sumidona, mas vou precisar de um post inteiro para explicar os motivos, mas enquanto isso vamos a novos assuntos!

Hoje quer compartilhar com vocês meu aprendizado sobre as férias escolares do meu filhote

Em meados de junho começou a bater o desespero em pensar o que fazer com ele em casa nesses 30 dias?!  A escola  que ele estuda esse ano abriu curso de férias ( que na minha opinião é a melhor saída para quem não tem com quem deixar os filhos) e a minha primeira ideia foi matricula-lo, mas como eu e o papai já tínhamos montado nosso esquema de ficar com ele, achei injusto deixa-lo sem férias, mesmos sabendo que ele se divertiria muito na escola.

E como vocês sabem eu só gosto das coisas se for com emoção rs, a questão da programação de férias ficou martelando na minha cabeça, porque eu não queria simplesmente distraí-lo, queria do fundo do coração que ele curtisse esse período, afinal quem não tem lindas lembranças da infância nesses períodos férias escolares?

Mas alguns fatores pesavam contra a minha vontade

-não iriamos viajar;

- eu e o papai precisávamos conciliar o "cuidar" do filhote com o trabalho, ou seja estava literalmente arrumando pra minha cabeça,  mais atribuições e ainda querendo divertir o filho,  só pode ser coisa de mãe doida rsrs né?!

 Mas eu e  o marido decidimos que que daríamos nossos pulos e que nosso filho teria a cada dia  uma atividade divertida.

E acabamos tendo a felicidade de nos surpreender com as possibilidades de atividades que existem para divertir a criançada, mesmo morando numa cidade pequena do interior, mesmo tendo pouco tempo, sem investir muito ou até sem investir nenhum dinheiro.

A lógica é mais ou menos assim, eles estão sem fazer nada e tudo que nos dispusermos a fazer com eles será uma aventura,e com muito orgulho afirmo a vocês que meu filho teve férias maravilhosas claro que as atividades não eram  todo dia o dia todo, (mas eu bem  acho que ele se divertiu o tempo todo hehe).

Meu marido até criou um álbum no FB compartilhando o como diário de férias,  muitas pessoas curtiram a ideia e perguntavam como estávamos conseguindo arrumar tanta atividade e diversão por pequeno.

Como toda criança merece diversão vou compartilhar com vocês algumas atividades e dicas para que essa diversão seja possível, se alguém quiser se inspirar, as próximas férias estão chegando hehehe

Atividades para um mês inteiro de férias em casa:

-logo no segundo dia percebi que não dava pra deixar ele brincar onde quisesse que não era possível encontrar brinquedos por todos os cantos da casa, da sala a geladeira, então resolvi arrumar disposição e arrumar um canto na casa para montar uma brinquedoteca, que no caso funcionou como um QG de férias, podiam brincar o dia todo, espalhar todos os brinquedos e no final do dia tinha que guardar tudo, mas quem tem filho sabe que isso não acontece todos os dias.
Então no dia que os brinquedos não eram guardados eu simplesmente fechava a porta e fazia de conta que aquela bagunça não era na minha casa e assim arrumava pique pra o dia seguinte

- aventuras na cozinha, ajudar a preparar pipoca, gelatina, bolo, pão de queijo e afins, para mim era uma bobeira mas pra ele uma verdadeira experiência gourmet

-Receber os amiguinhos em casa no dias que estávamos mais "folgados" e manda-los para a casa deles nos dias mais tensos.

-Organizar piqueniques no parque, na praça, na sala, enfim em qualquer lugar disponível.

-passeios a parquinhos e pracinhas podem ser tão divertidos quanto um dia no Magic Kingdon, assim como passeios de bicicleta

- passear no shopping sem comprar nada, (essa eu aprendi na Super Nanny), só um sorvetinho ou a ida em alguns brinquedos

-cinema e lanchinhos no Mc Donalds, tudo bem que é não é nutricionalmente correto, mas quem não gosta de ganhar um brinquedinho

-descobrir os restaurantes que tem parquinho

-pipoca com filminho em baixo do edredom nos dias frios, para nós adultos um acalento pra alma para as crianças a melhor companhia do mundo para assistir pela 12567 aquele filme/desenho favorito

- brincar sozinho também é ótimo para os pequenos, criatividade  e independência a mil.

-brincar na rua com os vizinhos, se o local for seguro, é uma atividade e tanto,  passeia infância toda fazendo isso e dessas brincadeiras vem minhas mais doces lembranças

-uma pescaria, num rio de verdade, num pesque e pague ou pesque e solte 

fazer cabaninha em casa ou no quintal

-soltar pipa

-atividades escolares, massinha, recortes, colagem, pintura.

-envolve-los nas nossas atividades, mesmo nas profissionais quando for possível, o meu filhote foi ao Fórum, ao escritório, ao banco, a agência e achava o máximo trabalhar com o papai e a mamãe, depois do trabalho sempre tínhamos uma recompensa; um sorvete, um lanche, uma ida ao parquinho.

Devo ter esquecido de alguma atividade, mas a questão primordial foi adaptar nossa rotina e arriscar atividades que pudessem resultar em alegria.

 Quase tive um treco quando percebi que ele amou ir fazer compras num supermercado que eu tenho pânico de entrar, e que fazer exame de sangue e depois tomar café da manhã na padaria também poderia ser considerada uma atividade de férias.

Enfim a grata lição que ficou dessas férias foi que não importa o quanto tempo, o quanto dinheiro e quantos brinquedos se possa comprar para os filhos, o que importa de verdade é a disposição, a vontade e o prazer em se estar com eles.

Vi no meu filho um grande  salto em seu desenvolvimento, ele entendeu melhor o que são as regras, consegui entender que é necessário fazer algumas coisas chatas para depois fazer as divertidas.

Meu coração se encheu de alegria ao final das férias quando pude vê-lo voltar as aulas cheio de alegria e confiança, e fiquei emocionada ao perceber que ele já tinha saudades dessas férias, com a sensação de dever cumprido.

Uma frase que está em todas as redes sociais, que parece mais uma dessas frases prontas mas que é puramente real é para estar nas lembranças do seu filho  de amanhã é preciso estar presente no hoje dele


Bjus

sábado, 18 de maio de 2013

Vegetariano uma vez por semana

Meninas estou passando por um período sem comer nada de carne vermelha, há alguns meses eu vinha pensando que não queria mais fazer carne vermelha em casa e só comeríamos na rua.

Confesso que não é porque amo os animais, é simplesmente pelo fato de achar que aquilo não faz bem a saúde.

Nesse período de total abstinência percebi que o difícil não é deixar de comer bifes no almoço e sim os embutidos que estão em toda a parte, coxinha de carne, pizza de calabreza, torta com bacon, salsinha, e ai vai...

Isso não é definitivo, ainda está em fase de estudo, mas eu gostaria muito mesmo de comer menos carne, então fuçando internet a fora

Encontrei esse movimento de ser vegetariano uma vez por semana e  quis compartilhar com vocês, a postagem original aqui, e claro gostaria de saber o que pensam a respeito...




E claro amei a justificativa da Anne por ter se tornado vegetariana

Virei vegetariana porque amo os animais? Não. Porque é mais fácil cozinhar legume. Ho.

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Dica de hoje - Camisa branca


Camisa Branca

Ela é um verdadeiro coringa no guarda roupa de qualquer mulher, se encaixa em qualquer estilo e faz bonito em qualquer ocasião

Vou deixar algumas dicas super simples que  ajudarão a sua peça a te deixar mais linda ainda.

Jamais use camisa muito apertada com lingeires que chamem muita atenção, não fica elegante

Sempre que usar, lave, você pode até achar que não está suja, mas  o branco é sempre branco, néh?

Manter a sua camisa sempre bem passada.

Pra servir de inspiração...









Beijos
Ana.


Ana - nossa nova colaboradora

Oi meninas!

Temos uma nova colaboradora a Ana

Ela é estilista e vai trazer posts fresquinhos sobre moda, estilo e outras coisinhas do mundo fashion que nós amamos!!!!

Conversamos muito sobre fashionizar nosso café, sem que ele se torne um blog de moda do tipo tem que ter, nada contra quem pode ter uma Prada pra chamar de sua, mas decidimos que as dicas seriam do tipo mais acessíveis,  eok?

Espero que gostem.

Seja bem vinda Aninha ao nosso café!





sábado, 20 de abril de 2013

Meus 33 aninhos

Oi meninas!

Hoje é meu niver, amo fazer aniversário, cheguei nos 33 com carinha de 32 rs

Vim compartilhar com vocês meu dia!



Só tenho a agradecer a Deus por ter me dado mais um ano de vida, e pedir que venham muitos anos com muita saúde pra mim e pra minha família e que eu possa chegar aos 80 anos hehe

Bjus

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Maceió por Fabíola Solera

Oi meninas!

O post de hoje vai inciar uma série sobre viagens, onde cada pessoa vai nos mostrar um local de acordo com "seus olhos".

Vamos viajar com a minha querida amiga Fabíola a Maceió em comemoração a suas bodas de 10 anos de casório.


"Ai, que saudades do céu, do sal, do sol de Maceió"

                Maceió não era minha primeira opção para comemorar meus 10 anos de casamento. A idéia era a bem mais badalada Natal. Porém, a possibilidade de conhecer o Rio Grande do Norte em uma ocasião próxima nos levou a mudar o roteiro. Graças a Deus!
                Não tinha muitas informações de pessoas que passaram por lá, e as informações que eu tinha não eram as melhores. Mas, quando comecei a pesquisar o local, me apaixonei pelas fotos e pela quantidade de lugares maravilhosos para conhecer. Mesmo assim, não me deixei levar porque sempre ficamos com o pé atrás, né?! Fotos são fotos e opiniões são diferentes para cada pessoa que passa pela mesma experiência...
                Enfim, escolhemos ficar em um Hotel não muito cheio de atrativos porque queríamos mesmo "desbravar" a cidade região. Pegamos todos os dias de sol, com raras chuvas esparsas, portanto aproveitamos tudo o que estava a nossa disposição e que o tempo (o cronológico)nos permitiu em 7 dias! Ficamos no Hotel Ponta Verde, em frente a praia de mesmo nome. Esta praia é muito bonita, mas muito próximo daquilo que estamos acostumados em São Paulo: quiosque com muitas cadeiras, aluguel de guarda-sol, etc... Por isso não gastamos tempo lá a não ser pelas caminhadas no fim da tarde quando saíamos do hotel em direção a praia de Pajuçara para contemplarmos essas belezas depois de um dia de agitação em outras areias...
                Bom, a idéia inicial era alugarmos uma moto para fazermos o "desbravamento", depois já pensamos em um carro, e por fim, fizemos a maioria dos passeios pela Operadora de Viagens mesmo... E sem arrependimento porque a diversão com outras pessoas é garantida e as informações a respeito dos locais você não adquire de uma forma melhor. Alugamos um carro apenas por 2 ou 3 dias para passear pela cidade, pegar um cinema a noite e ir até a Praia do Francês mergulhar!
                O que vi em Alagoas são muitos lugares deliciosos onde o mar e os rios se encontram formando paisagens que não temos em nosso estado. Dando destaque as Dunas de Marapés onde aproveitamos mais a parte doce das águas (e a lama do mangue...) e a minha nova primeira posição no ranking de praias bonitas: Praia do Gunga!!! Milhares de coqueiros em um pontal maravilhoso de águas quentes e falésias deslumbrantes!
                Claro que todos os demais lugares são um show da natureza que não caberiam aqui, mas ficarão na memória para sempre!

Obs: Só quem esteve lá sabe o que significa este título... :-)

Mergulho na Praia do Francês

   

Praia do Gunga


Praia do Gunga


Dunas de Marapés






Vejam que romântico, essa foto foi por minha conta!!!!

Muito obrigado por compartilha Maceió conosco, Fabíola! Amamos!!!

Aguardem mais viagens a vista!

Só pra lembrar quem quiser uma viagem dessas só falar comigo!

Bjus

sábado, 13 de abril de 2013

Nada de crianças perdidas em multidões


Ainda falta um pouquinho pra chegarem as férias de julho, mas pra mim que trabalho com viagens parece que vai ser amanhã, estamos atendendo muitas famílias buscando descanso e diversão nas férias escolares.

Pensei então em conversar aqui com vocês sobre a segurança das crianças nas multidões.

A Disney é um clássico exemplo de onde "perder uma criança", afinal as crianças correm para todos os lados, ficam encantadas com as novidades, se confundem na multidão e num piscar de olhos você as perde de vista.


Claro que não é necessário ir a Disney para perder um filho de vista, isso pode acontecer em supermercados, shoppings, parques, praias,aeroportos e em vários outros lugares que existam mais pessoas.

É necessário estar atento para que nenhum dissabor estrague as tão sonhadas férias.

Vou listar algumas dicas para manter as crianças seguras perto dos pais ou responsáveis.

Bebês ficam seguros no colo ou no carrinho grudados em um adulto de confiança, NUNCA DEIXE SEU FILHO AOS CUIDADOS DE ALGUÉM QUE VOCÊ ACABOU DE CONHECER, mesmo que esse alguém seja aquela pessoa super agradável que está com você há horas esperando o vôos ou tenha viajado ao seu lado no avião.

Esse canguru é muito útil para quem for ficar com os filhos no colo


No meio da multidão o negócio é deixar mesmo as
crianças maiores presas no carrinho e este preso a você, mas a realidade que crianças andantes e correntes, não querem ficar muito tempo no carrinhos.

Todos no carrinho

A tal coleirinha gera polêmica mas acho sim que ela deva ser usada, a garantia de que a criança não vá fugir e muito maior que aparência de trata-lo como um bicho, sei que muita gente pensa assim, mas sinceramente acho só quem não tem filho pensa desse jeito. Por mais atentos e cuidados que os pais sejam sempre existe aquele milésimo de segundo, que a criança pode sair de perto e ter sua vida mudada pra sempre.
Dificultando a "fuga"
Vista a criança com roupas de cores vivas que a faça aparecer na multidão, se estiver viajando em grupo e existirem várias crianças a idéia do uniforme é super bem vinda.

Tênis coloridos também ajudam

Compre uma
pulseira de identificação e coloque no pulso do seu filho, nela conterá o seu nome, telefone, local onde está hospedado e demais informações que permitam que um adulto ajude seu filho a lhe encontrar no caso de se perder.

segurança

Dependendo da idade da criança da pra deixa-la com um aparelho de celular gravado com seu numero, ou até um GPS que mostre a localização.

Oriente seu filho a não sair do local com estranhos, a pedir ajuda a policia (identificando pelo uniforme),  ou entrar em uma loja e pedir ajuda a funcionários de preferência aquele que estiver no caixa.

Ensine desde sempre seu filho o nome dos pais, a cidade onde mora, o endereço e se possível o telefone.

Felizes e seguros sempre!

E o mais importante esteja sempre atento, ficar de OLHOS ABERTOS é o que existe de mais precioso na segurança de seu pimpolho.



sexta-feira, 12 de abril de 2013

Café com Lulus e receita

Oi meninas!

Como a maioria sabe eu amo tomar café com as Lulus rs

Essa semana mais uma vez, a nossa amiga Panmella fez um café da sua casa para reunir as Lulus que  PRECISAM conversar e rir  muito.

A mesa dela estava um capricho que merece ser compartilhado com vocês.

Meninas ela tem uma bebê de 8 meses e esse já é o segundo café que ela faz desde que a filha nasceu, provando  mais uma vez que sempre há um jeito de se estar com azamiga .



 Vou aproveitar e deixar a receita do chocolate quente dela, porque chocolate quente é igual strognoff - cada um faz de um jeito rs

Chocolate quente da Panmella


01 litro de leite
03 colheres (sopa) bem cheias de amido de milho
04 colheres (sopa) de achocolatado em pó
04 colheres (sopa) de açúcar
Pauzinho de canela à gosto
 
Dissolva todos os ingredientes em uma panela e leve ao fogo baixo mexendo sempre até engrossar.
 

Ah era pra ter mais fotos do nosso café, mas a fotografa do blog só ficou tirando fotos da bebê mais linda do mundo que tinha lá, e a mãe dela não deixa publicar...rs

Bjus

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Preparando a vida para o inverno


Tudo bem que estamos no início do outono e eu já falando de inverno, mas é que na minha cidade é muito quente mesmo, e qualquer ventinho já tem cara de inverno rs



Esses dias deu uma 'esfriadinha" aqui e já percebi que tinha
várias pendências a resolver para que o inverno fosse bem vindo, vamos lá a minhas sugestões ?!

Check list - Inverno

 Verificar a quanto andam as roupas de inverno, desfazer se do que não será mais usado e listar o que precisa ser adquirido.

 O mesmo vale para as de roupas de cama,  para quem está com filho em fase de desfralde ou recém desfraldado vale a pena lembrar que o estoque de lençóis tem que ser maior.

 Edredons e cobertores devem estar  lavados e prontos para uso.

 Lavar tapetes e cortinas

Talvez reorganizar a rotina da lavanderia, levando em conta o pouco sol e a quantidade maior e mais  pesada de roupas a serem lavadas.

 Marcar consulta com o pediatra

 A farmacinha tem que estar abastecida com anti alérgicos  anti térmicos e anti gripais, porque infelizmente as gripes e viroses acabam atacando...

 Conferir as vacinas, tomar a da gripe se for o caso

 Verificar se aquecedores, umidificadores e inaladores estão funcionando como deveriam.

 Reforçar a limpeza das mãos, tentando assim escapar das viroses.

 Programar o que as crianças farão nas férias, principalmente para quem deixa os filhos na escola e vai trabalhar

 A melhor parte preparar um estoque de chás e chocolate quente com pipoca e filminhos e assim curtir muito a família debaixo do edredom - delicia!!!!


Acho que minha lista acaba aqui e a de vocês? Alguém tem alguma sugestão?

Bjus

sábado, 6 de abril de 2013

Peixe para iniciantes

Oi meninas

Eu e meu marido somos apaixonados por peixes e frutos do mar, sabe aquela opção numero 1 de sempre?! Ai que encontramos um casal que o marido é doido por peixe e a esposa nem pode sentir o cheiro rs, nós com esse amigo vivamos fazendo sashimi e inventando receitas, até que oficialmente lançamos/inventamos a nossa Noite do Peixe

Funciona assim, escolhemos um dia da semana para cada casal preparar um  peixe diferente para nosso jantar, antes que azamigas que não participaram me xinguem, estamos aceitando mais casais apaixonados por peixes no nosso grupo viu?!

O primeiro jantar foi na minha casa e eu fiz um peixe super fácil, que foi a primeira receita de peixe que fiz na minha vida, claro que foi uma amiga que deu e eu vou compartilhar aqui com vocês

Eu que inventei esse nome PEIXE PARA INICIANTES vocês vão entender o motivo

Receita do Peixe para Iniciantes

1kg de filé(pode ser qualquer um que você encontrar no supermercado) eu gosto de tilápia
1 lata de molho de tomate
1 vidro de leite de coco
1 vidro de requeijão

Tempere o peixe com alho, limão, sal  deixe descansar
Em um recipiente misture o molho de tomate, o leite de coco e o requeijão

Coloque os filés num refratário para que vá ao forno, cubra com o molho e leve para assar por cerca de 30 minutos

Sirva com arroz branco ou purê de batatas

Difícil né?

Não acredito que não tenho nenhuma foto dele para postar!!!

Acreditem em mim fica maravilhoso e vai lhe render muitos elogios

Bjus

sexta-feira, 22 de março de 2013

Alimento ou veneno???

Oi meninas!!!

Vocês estão acompanhando esse fuá da Ades ? Estou com uma sensação de estar completamente perdida no mundo dos alimentos.

Com dúvidas infinitas se existe algo para se socorrer quando estamos na super correria, ou se é melhor deixar passar fome  do que dar envenenados aos filhos, isso mesmo VENENO tenho essa terrível sensação de que os alimentos práticos são na realidade veneno.

No momento ainda não sei o que fazer para conciliar alimentação saudável de verdade e vida fora de casa, e vida super corrida, mas vou descobrir e vir aqui compartilhar com vocês, dicas e sugestões são muito bem vindas!!!

Acho que a maioria já leu essa super matéria da Revista Crescer, sobre os alimentos que parecem ser bons mas na são ruins, mas vou deixar aqui para nos lembrar da verdadeira identidade deles, até a bisnaguinha que parecia ser tão boazinha...


1 - Barrinha de cereais Elas prometem ser uma ótima opção para o lanche das crianças porque são práticas de armazenar e contêm fibras – nutrientes que aumentam a sensação de saciedade, dão energia e ajudam no funcionamento do intestino e na absorção de gorduras. Pelo menos na teoria. Especialistas alertam que muitas das barrinhas de cereais que existem no mercado são, na verdade, ricas em açúcar e sódio. Para saber se a que você compra é assim, compare os ingredientes que estão no rótulo. O que vem primeiro é o que está em maior quantidade, então procure marcas em que a fibra esteja no começo da lista. Prefira as de fruta, que são menos gordurosas, e as que contêm flocos de milho, mel, aveia e castanhas. “Também fique de olho porque a lecitina de soja, substância usada para dar liga no alimento, pode causar alergia nas crianças”, alerta a nutricionista Elaine Pádua, autora do livro O Que Tem no Prato do Seu Filho? – Um Guia Prático de Nutrição Para os Pais (Ed. Alles Trade). Você pode fazer uma barrinha mais natural em casa ou substituí-la pela bananada (doce de banana em massa) sem açúcar, que também tem fibra e mais vitaminas. Nesse caso, a banana não é desidratada, como na barrinha, mantendo seus nutrientes. 

2 - Suco de caixinha Algumas dessas bebidas, também chamadas de néctar de fruta, têm tanto quanto ou até mais açúcar do que os refrigerantes. São até duas colheres de sopa a cada 200 ml, além de uma quantidade grande de sódio, substância que, em excesso, pode sobrecarregar os rins e aumentar as chances de a criança ter pressão alta no futuro. Os corantes e aromas também aparecem no suco de caixinha (inclusive nos de soja), ou seja, mais química ainda. A saída é alterná-lo com o suco natural (ou água mesmo!). Você pode dar o industrializado no lanche, por exemplo, e o caseiro, no jantar. Na lancheira térmica, o suco natural dura até três horas sem estragar. Para aumentar a duração da bebida, misture-a com água de coco, que retarda o processo de oxidação, é um hidratante natural e não tem muito sódio nem na versão das prateleiras. Outra alternativa são os sucos prontos integrais, que não têm açúcar e só precisam ser dissolvidos em água. Mas não abuse. Qualquer tipo de suco deve ser consumido no máximo duas vezes ao dia, pois são calóricos – pense que, para fazer apenas um copo do de laranja, é preciso três frutas! 

3 - Peito de peru 
Apesar de ser visto como uma alternativa melhor do que o presunto, os dois têm a mesma quantidade de sódio e gordura porque são uma mistura de carne e pele (eca!) do animal. Para conservar o produto, as indústrias usam nitritos e nitratos, substâncias químicas que, segundo algumas pesquisas, podem causar câncer se consumidas por muito tempo. Por isso, libere esses alimentos embutidos ou processados (e, nessa categoria, entra também a salsicha e a mortadela) apenas uma vez por semana, de preferência a versão sem capa de gordura. 

4 - Sobremesa láctea 
As sobremesas lácteas (como o queijo petit suisse ou aquelas sabor chocolate, baunilha...), fazem sucesso com as crianças porque são bem docinhas e saborosas. Mas não se engane pela aparência de iogurte, pois elas têm bem menos quantidade de cálcio – um mineral essencial para o crescimento e fortalecimento dos ossos, dentes e cabelos. Além disso, esses produtos são gordurosos e têm pouca proteína. “No lugar da fruta, mais nutritiva, muitos contêm aromas e corantes artificiais, que devem ser evitados nos primeiros anos de vida pois estão relacionados a uma série de problemas – de alergia à hiperatividade”, afirma Elaine Pádua. Ela explica que os corantes amarelos e vermelhos são os mais perigosos. É claro que seu filho vai querer comer essas guloseimas de vez em quando. Porém, sempre que possível, substitua por uma mistura de iogurte natural com a fruta que ele mais gosta. Basta bater essa combinação no liquidificador ou amassá-la com um garfo. Se o seu filho quiser algo mais doce, coloque açúcar mascavo. Essa preparação deve ser consumida entre 30 minutos e 1 hora. 

5 - Leite de soja 
A soja é classificada como um alimento saudável, mas nem sempre é uma boa ideia oferecê-la para as crianças. Isso porque pode ser tão alergênica quanto a lactose, presente no leite de vaca. “A soja é uma proteína de difícil digestão, por isso, pode causar alergias alimentares em crianças menores de dois anos, que têm um sistema digestivo imaturo”, afirma a nutricionista Santhi Karavias, do projeto Lancheira Saudável, em São Paulo. Alguns especialistas até questionam o nome “leite”, já que ele não oferece os mesmos nutrientes, como os aminoácidos e o cálcio. Se o seu filho tem intolerância à lactose, você já encontra bebidas com adição de cálcio. Também vale substituir por leite de arroz, amêndoa e de cabra. 

6 - Bisnaguinha Ela é molinha e fofinha graças a muuuita gordura hidrogenada! Esse tipo de pão é feito de farinha branca e açúcar, ou seja, tem poucos nutrientes e nada de fibras. Não faz mal oferecê-lo uma vez por semana, mas, nos outros dias, opte pela versão integral ou de fôrma, recheando com requeijão ou até geleia, contanto que seja sem açúcar. Os pães de padaria ou feitos em casa, naquelas panificadoras portáteis, também são ótimos substitutos, pois têm menos conservantes. Outra opção rápida e saudável: minipizza de pão sírio! Chame seu filho para ajudar você a montar essa delícia com muçarela de búfala, queijo prato ou queijo branco, tomate – pode ser o cereja, que as crianças adoram – e algumas folhinhas de manjericão fresco. Aí, é só colocar no forno em fogo baixo por 15 minutos e se deliciar. 

7 - Frozen yogurt 
Eles parecem saudáveis por conta do iogurte, que tem pouca gordura e é fonte de cálcio. Realmente são uma boa opção, mas só se a marca de frozen usar iogurte de verdade em sua formulação. “Esse ingrediente é bom porque é natural e não tem aromatizante”, explica Santhi Karavias, do projeto Lancheira Saudável (SP). Em 2011, o Proteste analisou oito lojas e constatou que apenas uma usava mesmo a bebida láctea, enquanto as outras misturavam sorvete comum ou à base de iogurte. “Esses últimos têm gordura saturada e trans, que aumentam o colesterol ruim e ainda diminuem o bom”, completa Santhi. Para se proteger dos “falsos”, analise o rótulo (quando tiver) e pergunte a porcentagem de gordura (quanto mais próxima de zero, melhor). Ah, e controle as coberturas escolhidas pelo seu filho, que costumam ser uma bomba calórica.

8 - Cereal matinal 
Já reparou no que sobra no saquinho quando acaba o cereal do seu filho? Açúcar puro. Pode ser uma boa fonte de energia, já que cada grão do cereal é um grão de milho, mas só. “É possível conseguir a mesma quantidade de carboidratos em outros alimentos, como pão integral e mingau”, explica a nutricionista Priscila Maximino, da Nutrociência, que presta assessoria nutricional, em São Paulo. Há, no entanto, opções sem açúcar (em geral, destinadas aos adultos). Você pode adicionar uma fruta, como banana ou morango, para deixar a mistura mais docinha. Depois que seu filho tiver um ano, também dá para usar mel. Se quiser usar açúcar mesmo, prefira o cristal (uma colher de chá basta), que é menos processado do que o refinado. 

9 - Empanados de frango 
Parece carne de frango, mas o empanado é o que os nutricionistas chamam de compensado, uma mistura de ingredientes nada nutritivos, como partes de frango, pele, farinha e leite em pó. Então, mesmo que você faça assado em vez de frito, ele não é saudável. Para piorar, o que dá gosto à mistura é o glutamato monossódico. “A substância realça o sabor e interfere no paladar da criança, deixando a papila gustativa acostumada a esse tipo de alimento”, conta a nutricionista funcional Gabriela Maia, do Rio de Janeiro. Muitas vezes o empanado industrializado é usado como substituto da carne de boi ou de frango, que são proteínas completas. Só que eles não são equivalentes. Uma opção é fazê-lo em casa. Não tem tempo? Então, para suprir a quantidade de proteínas da carne, que tal cozinhar cerca de quatro ovos de codorna? O preparo vai levar os mesmos cinco a dez minutos. 

10 - Produtos light e diet 
Se você tinha a impressão de que poderia consumi-los sem restrições, esqueça! Para crianças, os diet e os light são indicados apenas em casos de doenças como obesidade e diabetes. Achar que eles podem ser servidos à vontade, já que têm menos açúcar e gordura, é um erro. “Isso porque o fabricante adiciona sódio para manter o sabor. Então, melhor ingerir uma quantidade menor da versão tradicional do que o dobro da light”, orienta Virginia Weffort, nutróloga do Departamento Científico de Nutrologia da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). E a criança precisa de energia para crescer, então não é indicado tirar totalmente o açúcar da dieta – lembrando que ele é encontrado em vários alimentos, como frutas e massas. 
Eles são saudáveis, quem diria
Atum enlatado 
A versão conservada em água em vez de óleo é fonte de ômega 3 e tem gordura boa. Bom substituto para os embutidos. 

Legumes congelados 
São práticos e têm boa conservação de nutrientes e fibras. O congelamento faz com que percam apenas um pouco de vitamina C. 

Pipoca 
É rica em fibras e substâncias antioxidantes, que podem prevenir até câncer. Mas preste atenção no preparo: de micro-ondas não vale. Faça na panela com um fio de óleo vegetal. E não exagere no sal!

quarta-feira, 20 de março de 2013

Turquia I - Istambul

Oi meninas!

Como prometido vou postar pra vocês algumas fotos da viagem da minha mamys pela Turquia, vou dividir em partes porque senão vai ficar  muito pesado.

Como não assisto a novela estou desatualizada dos coments noveleiros  rs

Vamos as paisagens de Istambul pela visão da Dona Fatima

 Voou  TAP com direito a parada e passeio em Lisboa (logo posto as fotos)



Mesquita Azul com as amigas a 2 graus e chuvinha







 Nas ruas de Istambul









 Bazar das Especiarias



 Cruzeiro por um braço do Mar Egeu




Minha mãe (que também não assiste a novela rs), disse pra eu escrever que essa é a ponte que passa na novela

Amei as paisagens!!! E vocês?!

Quem quiser fazer uma viagem assim é só nos procurar 

Bjus
Ca

segunda-feira, 18 de março de 2013

Hotel Fazenda Vale do Sol

Oi meninas lindas tudo bem com vocês?

Já sei vou levar uma bronca pelo sumiço rs então vou justificar minha ausência, minha momys fez uma viagem de 17 dias pela Turquia, e advinha pra quem ficou as tarefas dela???Para a única filha que ela tem - eu rsrs

Fiquei cuidando da agência, da minha avó, "monitorando" a casa dela, isso sem falar na minha casa, no meu filho e nas minhas tarefas.

Fiquei meio doida, mas enfim ela merece, alias vou fazer um post com as fotos da viagem dela, tá de babar, Turquia quero te conhecer!!!!

Agora vamos ao post que eu já deveria ter escrito há algum tempo.

Em dezembro fui a Serra Negra-SP e me hospedei no Hotel Fazenda Vale do Sol e sinceramente? Me surpreendi , combo perfeito preço e serviços ótimos.

O Hotel tem uma cara mesmo de fazenda, não, um lugar "simples" e  super aconchegante, uma comida maravilhosa, funcionários prestativo, enfim um hotel bacana, com preço honesto, comida maravilhosa, excelente para famílias com crianças.

Embora o hotel tenha um "que" meio romântico eu achei ele super família, daquele que se você deixar os filhos em casa vai ficar toda hora pensando de como eles iriam gostar de cada espaço.

Tem parquinho com carrossel, tem brinquedoteca, tem monitores super legais que realmente fazem as crianças se divertirem. Eles ficam com crianças a partir de 3 anos e como o Rafa ainda tinha dois nós tínhamos que ficar nas atividades, mas na realidade nós ficávamos sentados olhando para o teto porque os monitores eram tão legais que o Rafa nem se quer cogitava a possibilidade de solicitar o pai ou a mãe.

Como é uma região de Serra não dá muito para contar com o calor, na nossa estadia choveu em grande parte do o tempo e uma super forte atração era a piscina que era realmente aquecida e coberta, assim como a hidromassagem. A noite tinha  até sessão de cinema.

Vou deixar alguns (muitos) cliques para vocês curtirem meus dias de descanso rs


     Começando o dia com essa vista do café da manhã


   Piscina quentinha de verdade

                                              
Brinquedoteca

'
                                          
                                                                                 Bichos 


                                           
                                                                         Restaurante


                                               Parquinho/ Cidade da Criança

               
                                                        até Carrossel


                                                               Xadrez

                                                 
          Muito verde

                       
               Até a chuvinha foi uma delícia



Queria muito compartilhar essa dica porque muitas vezes ouvimos que para se tirar uns dias com a família precisa se muito tempo e muito investimento, quando na realidade existem opções para todas as situações.

Reservas (comigo) rs na Alpha Turismo
18-36420302

Bjus